>Pós-Graduação

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PPGArq/PUC-Rio) foi criado em 2013 como um desdobramento natural e necessário de uma série de atividades e ações realizadas na PUC-Rio, que têm como denominador comum o compromisso com a reflexão crítica, a pesquisa e o ensino de excelência de temas centrais ligados à arquitetura e ao urbanismo.

O PPGArq/PUC-Rio se distingue dos demais programas de pós-graduação existentes no Rio de Janeiro ao fazer da ênfase na busca permanente de equilíbrio entre teoria e prática do projeto seu principal elemento norteador.

A identidade institucional do PPGArq/PUC-Rio encontra-se na sua inequívoca especificidade conceitual, definida não tanto como um corpus apriorístico de idéias, de domínios estáveis e autossuficientes, mas como um campo em que justamente as dicotomias entre o fazer e o pensar encontram-se suspensas. Por outras palavras, o modus operandi conceitual proposto, sua base filosófica mesmo, é a busca de um campo de transitividade entre Teoria e Projeto.

A convergência entre teoria e prática pressupõe: (i) uma abertura para os fenômenos contemporâneos; (ii) um compromisso com a definição de métodos e instrumentos conceituais operativos na lida com esses fenômenos. Essa ampla, mas rigorosa abertura para a práxis contemporânea significa, na prática, uma grande pré-disposição ao diálogo interdisciplinar – um diálogo que deve se traduzir no interesse dos profissionais da arquitetura e da cidade pelas pesquisas levadas a termo no PPGArq/PUC-Rio.

O PPGArq/PUC-Rio resulta, em grande parte, da maturação das experiências da graduação em Arquitetura e Urbanismo da PUC-Rio, onde diversas atividades curriculares e extracurriculares (seminários, publicações, convênios, eventos, pesquisas) funcionaram como uma espécie de laboratório para as definições conceituais e filosóficas do projeto de pós-graduação, especialmente no que diz respeito às definições da Área de Concentração e Linhas de Pesquisa do Programa.

O vínculo existente entre graduação e pós-graduação é, sob diversos aspectos, um diferencial do PPGArq/PUC-Rio. Isso porque o Programa estará vinculado a uma proposta de curso que se fundamentou na idéia de ensino integrado, vale dizer, no preceito de que, no universo do ensino e da pesquisa em arquitetura, teoria e prática são e devem ser tomadas como instâncias complementares. Nesse sentido, o PPGArq/PUC-Rio leva adiante e aprofunda a ideia de que a reflexão teórica deve, por definição, manter um contato estreito com a prática da arquitetura e do urbanismo, e vice-versa. Deve reproduzir, portanto, em um outro nível, a idéia – determinante para a definição dos “ateliês integrados” do CAU/PUC-Rio, onde arquitetos “de prancheta” convivem com arquitetos mais ligados à reflexão historiográfica e teórica – de que a reflexão teórica se alimenta da prática, tanto quanto a prática se alimenta da reflexão teórica.

A integração entre graduação e pós-graduação é um dos principais fundamentos do PPGArq/PUC-Rio. Sob muitos aspectos, sua implementação constitui oportunidade de consolidação e fortalecimento de um centro de excelência de ensino, pesquisa e reflexão crítica sobre a arquitetura e a cidade.

O PPGArq/PUC-Rio se distingue também por sua perspectiva interdisciplinar. Tal perspectiva interdisciplinar – que pode ser verificada pela estrutura curricular proposta e vem a ser uma das características mais destacadas do PPGArq/PUC-Rio - pode ser creditada tanto ao ambiente acadêmico da PUC-Rio quanto à própria estrutura interdepartamental do curso de graduação em arquitetura da universidade, que tem favorecido a realização de muitas atividades integradas de pesquisa e ações coordenadas com vários outros cursos (Design, História, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Sociologia, Geografia, Direito Urbano e Ambiental, entre outros).

Ademais, entende-se que os dilemas e impasses da contemporaneidade, sustentam a convergência de suas duas linhas de pesquisa, colocam em crise as especialidades estanques e as divisões dogmáticas, tornando urgente repensar tanto as condições de possibilidade dos campos disciplinares como novos métodos de abordagem para os novos objetos contemporâneos. A interdisciplinaridade, então, será aquela que opera trânsitos não só nas esferas internas da disciplina da arquitetura (projeto, história, teoria, crítica, tecnologia, sustentabilidade, conforto ambiental, representação, construção), como também na busca do aprofundamento do conhecimento a partir do diálogo entre diversas áreas afins, tanto das ciências como das humanidades.

O PPGArq/PUC-Rio tem por objetivo uma formação rigorosa, continuada e específica no campo da Arquitetura. Orienta-se por uma rígida fundamentação metodológica e teórica, da capacidade de pesquisa e de reflexão crítica sobre os fundamentos conceituais e práticos que definem a arquitetura como um campo específico do saber e do fazer, vinculado à experiência do espaço construído, à moradia, à sustentabilidade dos espaços construídos e à vida nas cidades. Busca, notadamente, ampliar a reflexão sobre a atividade e a noção de “Projeto” no campo da Arquitetura.

Maria Fernanda Campos Lemos
Diretora do Departamento e Arquitetura e Urbanismo